Porque precisamos de adegas climatizadas para conservar vinhos?


O mundo dos vinhos é uma paixão. Quanto mais estudamos o assunto, quanto mais descobrimos rótulos fantásticos e vivemos experiências incríveis de degusta-los entre amigos, mais buscamos conhecer!!! Visitar vinícolas em viagens, participar de confrarias, ler livros sobre o tema.... Tudo torna a degustação ainda mais apaixonante. Quando percebemos, ficamos totalmente envolvidos nos encantos deste universo: buscamos taças específicas para saborear, adquirimos um decantador, compramos um rótulo para abrir a longo prazo.... E... principalmente, compramos uma adega climatizada.


Para quem é um verdadeiro apreciador de vinhos e mora num país tropical, o ideal é investir em uma adega climatizada. Em nosso país, guardar uma garrafa deitada não é suficiente. Isso porque temos temperaturas de verão e primavera bem acima das exigidas para a conservação da bebida. Especialmente, se você gosta de comprar rótulos diferenciados que exigem tempo de maturação de mais de um ano, certamente, a adega se torna uma necessidade. Caso contrário, terá grande decepção ao abrir aquele esperado vinho e perceber que virou um vinagre....


Segue abaixo algumas necesidades básicas para a conservação de seu vinho:


Proteger da luz. A luz pode prejudicar os vinhos. Por isso, a maioria deles é comercializado em garrafas escuras. Quando for escolher a iluminação de sua adega, opte por lâmpadas de baixo consumo.


Temperatura constante (próxima a 17c) no ambiente. É por isso que as fazendas vinícolas muitas vezes tem porões em subsolo (chamados de cave) para a maturação dos vinhos. Abaixo da terra, a temperatura é mais constante.


Além disso, é importante a ausência de vibrações e ruídos. Por conta disso, muita atenção para trepidações de típicas de compressores de geladeiras ou em adegas de baixa qualidade. As adegas de empresas especializadas, são a melhor opção.


A umidade é outro fator importante. Por conta dela, conservar vinhos em geladeira ou ar condicionado está fora de cogitação, pois estes aparelhos resultam num ar seco e os vinhos devem ser conservados em umidade alta (que é próxima a 65%). O ambiente seco, prejudica a vedação da rolha que pode criar pequenas ranhuras e oxigenar o vinho. As adegas tem refrigeração específica para manter a umidade do ar.


Armazenar a garrafa deitada é outra necessidade porque quando a garrafa fica na vertical, a rolha fica sem o contato com o líquido e igualmente poderá desidratar e, assim, abrir espaço entre ranhuras para que o ar penetre dentro da garrafa. A rolha precisa estar sempre em contato com o líquido para funcionar bem.


Deixar as garrafas longe de odores (porque os mesmos podem passar para o vinho através da rolha). Este é mais um motivo para não armazenar o seu vinho em uma geladeira onde ficam alho e outros alimentos de odores fortes.


Ficar de olho no calendário (alguns vinhos devem ser consumidos frescos enquanto outros precisam de um tempo de maturação prolongado) anote em sua agenda os limites para cada rótulo.

#arquitetura #arquiteturaeconstrução #carmemavila

Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags